Prisões do ICE sobem quase 40% nos EUA

Prisões do ICE sobem quase 40% nos EUA

 

A prisão de estrangeiros condenados por crimes aumentou para quase 20%, ou seja, de 25.786 em 2016 para 30.473 em 2017

Nos 100 primeiros dias desde que o Presidente Donald Trump assinou o decreto de lei que criminaliza todos os imigrantes indocumentados que vivem nos EUA, os agentes do Departamento de Imigração (ICE) já prenderam mais de 41 mil estrangeiros. O número representa o aumento de 37.6% com relação ao mesmo período em 2016. Entre 22 de janeiro e 29 de abril, os agentes do Departamento de Operações de Remoção (ERO) prenderam 41.318 tendo como base violações das leis migratórias. Entre 24 de janeiro e 30 de abril de 2016, o ERO prendeu 30.028.

“Estas estatísticas refletem o compromisso do Presidente Trump no cumprimento de nossas leis migratórias de forma justa e ampla. Os agentes do ICE e outras autoridades receberam diretrizes claras sobre como focalizar e tratar a segurança pública e nacional, o que tem resultado no aumento substancial de estrangeiros condenados por crimes. Entretanto, quando encontramos outros que estejam ilegalmente no país, nós faremos cumprir o nosso juramento e a lei. Como os dados demonstram, o ICE continua a executar sua missão de forma profissional e conforme a lei e nossas vizinhanças estão muito mais seguras por causa disso”, disse Thomas Homam, diretor interino do ICE.

Segundo o ICE, quase 75% dos estrangeiros detidos em 2017 são criminosos condenados, com crimes que envolvem desde homicídio, agressão, estupro à drogas. O índice de detenções nas vizinhanças aumentou mais de 50%, ou seja, de 8.381 no ano passado para 12.766 esse ano durante o mesmo período. A prisão de estrangeiros condenados por crimes aumentou para quase 20%, ou seja, de 25.786 em 2016 para 30.473 em 2017.

Crimes violentos como homicídio, estupro, sequestro e agressão totalizaram mais de 2.700 indivíduos detidos. No total, desde que o Presidente assinou as ordens executivas, as atividades dos agentes do ICE têm resultado em mais de 400 detenções por dia, incluindo a captura de criminosos foragidos.


Leave a Reply